Servidores de email. Muitas vezes (a maioria das vezes) webmasters aproveitam os recursos de um servidor de alojamento web para operar também como servidor de email. Não considero que seja a prática mais indicada. No entanto pode-se fazer desde que o cliente tenha conhecimento e que saiba dos prós e contras. Acredito que o pró seja apenas o preço. Mas nos dias de hoje (com as soluções dedicadas que existem) o preço de um servidor de email remoto dedicado deixou de ser um impeditivo à sua aquisição pelas empresas.

Não obstante, poderemos facultar soluções de servidores de email a preços bastante competitivos, com todas as configurações necessárias incluídas.

Mas porque um servidor dedicado é a melhor solução?

Para começar, nós próprios disponibilizamos a alguns clientes, uma solução de email em alojamento web (web server), mas não entendemos que seja uma solução a adoptar na generalidade. Grande parte das empresas têm hoje necessidades alargadas de comunicação. A disponibilidade de um servidor dedicado permite não só independência de serviço como também mais recursos para gestão da informação.

Mais independência de serviço. Porque o servidor é independente de outros (como do servidor web) e responde apenas por ele próprio: se o servidor web tiver uma falha, o seu serviço de email não será afectado.

Mais recursos disponíveis. Porque permite uma gestão mais versátil de backups, inclusivé configuração e gestão facilitada de infraestrutura de backups e integração com vários serviços de informação. Como sistema de neswletter, gestão de mailing-lists  e configuração mais eficiente de respostas automáticas, calendário, tarefas, filtros de spam. Tudo unificado num único sistema e sempre sincronizado em todos os seus dispositivos (computadores, tablets e smartphones).

 

Soluções diferentes para perfis diferentes

Existem várias opções de serviço de email dedicado. Na hora da decisão as variáveis mais importantes a ter em conta são: quantidade de endereços de email, quantos domínios estão associados às contas e aliases, quanto espaço por conta de email. Mas também integração com serviços web, análise dos tipos de fluxos de informação, se necessita de cloud integrada…

Na maioria dos casos torna-se mais ou menos óbvio que a melhor solução a adotar passa por um serviço dedicado. Maior segurança de dados, mais espaço, mais largura de banda, mais funcionalidade, mais escalável.

Mais cedo ou mais tarde, se necessitar de uma intervenção, não vai gastar parte do que poupou.  Note que apenas descentralizar os seus serviços de servidores locais altamente onerosos não é suficiente. Escolher um serviço remoto adequado ao seu perfil e crescimento é imperativo para que não tenha surpresas desagradáveis no futuro. Lembre-se que hoje, toda a sua informação vital é digital. E que migrar todo um serviço de email a romper pelas costuras pode ser doloroso.

 

Segurança

A segurança passiva e activa. Segurança preventiva e segurança na intervenção.

 

“Se os seus dados estão na web, como posso garantir que estão seguros?”

 

Uma pergunta comum, tão reproduzida nos nossos dias. Com uma resposta simples. Desde que existe internet deve considerar que os seus dados nunca estão absolutamente seguros em lado nenhum. Nem no seu próprio computador. Na hora de escolher onde ter a informação da sua empresa prefere escolher o seu computador, facilmente penetrável por algum vírus destrutivo ou hacker… ou um serviço remoto especificamente desenhado para ser seguro?

Esta abordagem leva-nos imediatamente para o tema do artigo. Se optar por um serviço de email remoto, porque deve escolher um servidor dedicado em vez de um servidor partilhado ou web server? Porque é mais seguro: porque está especificamente desenhado para a infraestrutura de rede e protocolos de email, mais performance, mais capacidade, porque tem encriptação e porque os vírus e hackers não se atrevem.